BLOG

Seu equipamento de imagem parou de funcionar? Saiba o que fazer!

Manter os equipamentos de imagem em boas condições é superimportante para clínicas, centros e demais instituições de saúde. Isso porque, com o uso, pode ocorrer de esses aparelhos apresentarem mau funcionamento.

Esses problemas interferem no atendimento aos pacientes, afinal, geram um atraso na agenda, impossibilitam atendimentos emergenciais e diminuem o sucesso financeiro desses locais.

Porém, ao se saber o que fazer mediante os problemas, eles podem ser evitados de maneira significativa.

Vamos juntos compreender o que deve ser feito quando os equipamentos de imagem pararem de funcionar. Continue a leitura e conheça dicas fundamentais!

Meu equipamento de imagem parou. E agora?

Muitos dos problemas que acometem os equipamentos de imagem podem ser evitados ou solucionados de maneira prática. Mantê-los com a manutenção em dia é necessário para garantir exames precisos, diagnósticos assertivos e indicações de tratamentos adequados.

A seguir, confira algumas maneiras de solucionar a parada indesejada dos equipamentos de imagem:

1- Analise o contrato de manutenção

Esse deve ser o primeiro passo. Estando com o contrato ativo com a fornecedora do equipamento, basta entrar em contato com ela rapidamente, fazendo com que seu problema seja solucionado e evitando grandes impactos no seu estabelecimento de saúde.

2- Realizar backup de imagens

Logo que solicitar uma manutenção no seu equipamento de imagem, é necessário conferir se o backup de imagens foi realizado, considerando que perder as imagens dos pacientes pode se tornar um enorme transtorno, incluindo prejuízos financeiros.

Sempre tenha salvamento em nuvem, onde as imagens são encaminhadas para um repositório de armazenamento, garantindo que elas estarão ali sempre que preciso. Tenha certeza de que tudo foi salvo e armazenado por completo.

3- Conte com manutenção standalone

Standalone é um programa autossuficiente, ou seja, não necessita de qualquer tipo de auxílio. A partir do momento que não se tem um contrato para manutenção ativa, essa opção pode ser suficiente para reparar o equipamento de imagem.

4- Recupere os presets

Logo que o equipamento estiver em funcionamento, é essencial que os presets (definição de tratamento aplicado em imagens, armazenando todas as configurações) salvos na máquina anteriormente sejam recuperados.

5- Verifique as condições de uso do equipamento

A partir do momento que o equipamento de imagens é instalado, é necessário conferir as condições de uso, detectando se estão ou não em condições adequadas.

As fontes de energia, a instalação, a temperatura e o local podem comprometer as condições do equipamento, o que torna fundamental ter e manter o cuidado para que ele não seja danificado. 

6- O tempo para concerto conta

O tempo para conserto do equipamento impacta de maneira direta nos ganhos e na produtividade, uma vez que os atendimentos precisam ser adiados. Nesse caso, esteja em dia com a periodicidade indicada para as manutenções necessárias e sempre encontre tempo para troca de peças e demais pendências que possam surgir.

Em resumo, manter um monitoramento desses equipamentos auxilia para que problemas não ocorram, o que otimiza custos e faz com que os atendimentos permaneçam sendo de excelência.

Contar com profissionais capacitados também é importante, principalmente quando realizam manutenções preventivas, corretivas e calibrações. É o caso da FutureMed, uma empresa especialista em equipamentos de imagem.

Entre em contato e saiba como podemos auxiliar a sua empresa, mantendo seus equipamentos de imagem sempre em pleno funcionamento.

Mais Conteúdos
Saiba quais os benefícios de visualizar imagens com o DICOM