BLOG

Saiba quais são os tipos de exames de raio x e para quais diagnósticos são utilizados

Em algum momento, você já deve ter realizado um exame de raio x, não é mesmo?

Trata-se de uma tecnologia baseada em imagens fotográficas do corpo humano, onde tecidos, ossos e vasos sanguíneos são visualizados, sendo responsável por oferecer diagnósticos ainda mais exatos nos tratamentos de saúde. 

Quer entender quais os tipos de exames de raio x mais realizados e a importância desse procedimento? Então, continue acompanhando este conteúdo até o final e fique por dentro do assunto. Boa leitura!

Conheça os tipos de radiografia: convencional e contrastada

O objetivo do exame de raio x é alcançar as profundidades de ossos e músculos, registrando as imagens. Outros fatores influenciam a realização de procedimentos, por exemplo, a área do corpo, se são ossos ou tecidos moles, o lado correto de direcionar o feixe do raio x, tudo para que as imagens fiquem com boa visualização.

Os exames podem ser realizados de maneira convencional ou contrastada (que utiliza radiação ionizante).

Geralmente, a aplicação da radiação contrastante visa qualificar as imagens que são geradas durante os exames, sendo aplicada, em sua maioria, em áreas com pouca ou nenhuma nitidez. 

Entenda melhor a diferença entre uma radiografia convencional e uma contrastada:

  • Radiografia convencional: modalidade que possui baixo custo para adquirir o equipamento, sendo encontrada na maioria dos centros de saúde. Possibilita exames ágeis e imagens de qualidade, mesmo que em locais difíceis de examinar, incluindo vasos sanguíneos e trato gastrointestinal.

  • Radiografia contrastada: durante o procedimento, é utilizado um componente químico conhecido como contraste, aplicado nos pacientes antes do exame começar. O contraste não é utilizado em todos os exames, somente com áreas de pouca nitidez, como abdômen, sistema digestivo, sistema reprodutor e trato urinário.

Exames de raio x e sua utilização para as áreas do corpo

Diagnósticos assertivos demandam os mais variados tipos de raio x. Com isso, é importante conhecermos os principais exames que estão disponíveis para melhorar os cuidados da saúde. Confira:

Raio x do tórax

Tem como principal indicação a identificação de possíveis alterações causadas por pneumonia ou tuberculose. Esse tipo de raio x pode detectar, ainda, câncer de pulmão, doenças obstrutivas crônicas ou fraturas após traumas.

Raio x da coluna

O raio x da coluna depende de outros quatro (raio-x da coluna dorsal, cervical, lombar e lombar-sacral), sendo, em sua maioria, solicitado após queixas de dores e traumas na região.

Raio x do crânio

Superimportante para diagnosticar traumas, anomalias de nascença, tumores, calcificação e muitas outras patologias envolvendo a cabeça.

Raio x do abdômen

Muito usado para detectar problemas do trato digestivo, é uma radiografia completa, uma vez que abrange órgãos fundamentais como rins, intestinos, bexiga, estômago e fígado.

Raio x da bacia

Realizada sempre após relatos de dores ou incômodos dos pacientes, detecta ossos frágeis, inflamações, artrite inflamatória na região e tumores.

Raio x renal

Possibilita a análise dos rins e de alterações (como acúmulo de cálcio), sendo fundamental para diagnosticar condições decisivas e tratar doenças responsáveis pela perda da função renal.

Raio x dos ossos

Durante um raio x dos ossos, é possível detectar osteoporose, fraturas e infecções, sem esquecer dos comuns casos de artrite.

Afinal, como é realizado o raio x?

O aparelho de raio x pode ser fixo ou portátil. É um procedimento rápido, simples e indolor.

Quando o aparelho é ligado, o gerador de raio x produz um feixe de radiação. Em seguida, as partículas saem pela abertura do equipamento, sendo irradiadas até atingirem a parte do corpo do paciente a ser examinada. A radiação atravessa a área desejada, e uma parte é absorvida pelas estruturas anatômicas, gerando a imagem do exame.

De forma geral, as imagens são obtidas com base em um disparo dos feixes das ondas eletromagnéticas, atuando como uma fotografia. Com isso, são geradas as tradicionais chapas ou imagens digitais.

Importância de um exame de raio x

Muitas vezes, a Radiologia é vista apenas como um exame de imagem, porém, é uma área da saúde superimportante para a medicina, principalmente por auxiliar no diagnóstico de doenças mais sérias, muitas vezes invisível a olho nu ou outros tipos de exames mais simples.

A tecnologia presente nos raios x permite que profissionais especialistas consigam ver através dos tecidos humanos, examinando, de forma mais clara, ossos quebrados e possíveis doenças.

São muitos os motivos para realizar esse tipo de exame, o importante é garantir a presença de um profissional que entenda do assunto e que faça uso de equipamentos confiáveis e de qualidade.

E os melhores equipamentos para Radiologia você encontra aqui, na FutureMed – qualidade nos mínimos detalhes, garantindo tranquilidade e agilidade nos seus procedimentos radiológicos.

Quer saber mais? Fale com nossa equipe, estamos prontos para auxiliar você!

Mais Conteúdos
Saiba quais os riscos e como proteger o pet em exames radiológicos
Saiba o que é e quais os melhores equipamentos de ressonância magnética do mercado