BLOG

Radiologia veterinária: saiba quais doenças podem ser descobertas

Você sabia que os animais também fazem exames de raio x? Essa uso na área de medicina veterinária é muito comum e indicado, afinal, é uma maneira fácil de diagnosticar patologias e demais problemas nestes pacientes.

As imagens obtidas pelos exames de raio x permitem saber de maneira assertiva qual a região do corpo do animal está afetada e a extensão do problema.

Para auxiliar você a compreender ainda mais este assunto, elaboramos esse conteúdo. Nele será possível conhecer a maneira como esse exame é feito, as doenças que podem ser diagnosticadas e muito mais. Acompanhe até o final!

Compreenda a radiologia veterinária

A chamada radiologia veterinária é superimportante para diagnosticar e tratar diversas doenças em animais. Os aparelhos de imagem podem detectar causas não visíveis de alguma patologia, indo na raiz do problema, o que facilita os tratamentos.

Essa área da medicina veterinária se dedica especialmente ao diagnóstico, à prevenção, ao tratamento de doenças e às anormalidades nos animais de todos os portes.

A radiologia veterinária vem seguindo os avanços presentes na medicina e na tecnologia, possibilitando diagnósticos mais rápidos, tratamentos mais assertivos e resultados mais eficazes.

Saiba como esses exames são realizados

Da mesma forma que em seres humanos, os exames de raio x veterinário auxiliam os médicos a terem uma análise completa sobre o corpo (ou determinada parte dele) dos animais. Assim, doenças e também disfunções nos órgãos e sistemas são identificadas.

A sua realização acontece por meio de equipamentos específicos, que conta com inúmeros modelos do mercado, incluindo os fixos e os portáteis, tudo para manter os animais confortáveis sem provocar incômodos a eles.

O funcionamento ocorre com o correto posicionamento do animal, que deve ficar imóvel, junto ao aparelho de radiologia. Como resultado, tem-se a obtenção das imagens, revelando a anatomia e possíveis lesões.

Vale ressaltar que o animal não necessita de preparos, porém, em alguns casos, a sedação pode ser necessária. Mesmo sendo um exame indolor, alguns animais agitados e raivosos precisam se acalmar de maneira medicamentosa, a fim de garantir a precisão das imagens e a segurança dos profissionais.

Afinal, quais doenças podem ser diagnosticadas por meio da radiologia veterinária?

A radiologia veterinária é necessária para auxiliar os profissionais na hora de detectar doenças ou disfunções, desde uma simples luxação a casos mais graves, como tumores.

O raio x é um método que permite diagnósticos precoces, podendo adiantar os tratamentos e aumentar a chance de cura. 

Os exames de imagem também podem ser úteis para análises de ingestão de objetos desconhecidos, acompanhamento de pré-natal de fêmeas, e identificação e acompanhamento de possíveis progressões de doenças, como:

  • cardiopatias em geral;
  • pneumonia;
  • doença calcular adquirida;
  • alterações congênitas;
  • neoplasias.

A radiologia em animais é indicada, ainda, para casos em que se tem a suspeita de lesões ósseas, musculares ou cartilaginosas, incluindo:

  • displasia coxofemoral;
  • luxação patelar;
  • ruptura de ligamento cruzado cranial;
  • hérnia de disco.

Conheça alguns aparelhos de raio x veterinários

Para ter diagnósticos precisos e eficazes, é fundamental que sejam utilizados equipamentos de precisão. Os disponíveis pela FutureMed são essenciais, contribuindo para assertividade nos diagnósticos, menos tempo de exposição à radiação, e imagens detalhadas e de excelente qualidade.

Os raios x veterinários podem ser portáteis ou fixos. As versões portáteis ficam por conta do Raio X Portátil Poskom Modelo AirRay, o mais leve do mundo, com apenas 5,4 kg e que acabou de chegar ao Brasil. Com autonomia de 100 a 200 disparos sem recarga, é rápido e prático, e tem sua carga completa em apenas 90 minutos.

Outro aparelho portátil é o Canis 5C Multifuncional. Pequeno, leve e de alta potência, oferece imagens de alta qualidade, produzindo radiologias nítidas e precisas, o que auxilia em uma análise minuciosa de possíveis lesões e demais condições de saúde.

Por último e não menos importante, há o modelo fixo Raio X VRF E40 e EC40, um sistema veterinário compacto e poderoso, alinhado com hardware eficiente quando se trata de espaço para as imagens. É a escolha perfeita para veterinários que valorizam a eficiência.

Para conhecer esses equipamentos e ter o melhor para atender a seus pacientes, clique aqui e fale com a nossa equipe hoje mesmo!

Mais Conteúdos
Saiba quais os benefícios de visualizar imagens com o DICOM