BLOG

DICOM: saiba o que é, quais as suas funcionalidades e os seus benefícios

Muitos estabelecimentos médicos que atuam com o diagnóstico por imagem devem compreender a necessidade de apostar no DICOM, uma espécie de normas elaboradas para padronização do formato no qual as imagens são coletadas, armazenadas e diagnosticadas.

Com isso, equipamentos que utilizam o padrão DICOM contam com linguagem comum entre dispositivos, solucionando boa parte dos problemas, como a falta de compatibilidade entre marcas distintas.

Ao longo desse conteúdo, será possível entender o que é o DICOM, quais os seus benefícios e muito mais. Boa leitura!

Saiba o que é e como funciona o DICOM

O Digital Imaging and Communications in Medicine (Comunicação de Imagens Digitais na Medicina), popularmente conhecido como DICOM, pode ser definido como um conjunto de normas que unem o formato dos exames de diagnóstico no meio eletrônico, como as tomografias, mamografias, ressonâncias magnéticas e raio x.

Assim, o foco principal é facilitar todo o armazenamento e a comunicação médica referente ao que foi diagnosticado, garantindo, dessa maneira, que tudo seja realizado de forma segura e eficiente.

Portanto, um exame realizado por um especialista em uma clínica poderá ser interpretado por outro médico em outro estabelecimento, mesmo que os ambientes tenham sistemas e aparelhos diferentes. O DICOM representa, inclusive, um fundamental avanço na telemedicina, podendo diminuir prejuízos para médicos e pacientes.

Saiba como utilizar o padrão DICOM dentro da radiologia

O padrão DICOM vem sempre passando por melhorias a fim de inovar o sistema de imagem, aumentando a sua produtividade do Picture Archiving and Communication System (PACS), uma tecnologia de imagiologia médica que oferece armazenamentos econômicos e acessos facilitados às imagens coletadas.

Mas não para por aí, o DICOM tem inúmeras funcionalidades para o setor radiológico, as quais se destacam:

Qualificação dos atendimentos

Devido à possibilidade de compartilhar exames de imagem, os profissionais conquistam a facilidade em acessar e realizar diagnósticos de maneira remota. Já as clínicas podem oferecer serviços das mais variadas especialidades sem a obrigatoriedade de ter equipe médica de todas as áreas.

O atendimento mais ágil também é resultado do DICOM, afinal, em casos de urgência e emergência, as imagens podem ser analisadas a caminho do hospital, fazendo com que o tratamento de traumas seja mais eficaz.

Facilidade para compartilhar as informações

O DICOM facilita o compartilhamento de informações entre sistemas e profissionais, junto à garantia de que nenhum dado será perdido ou extraviado no momento da migração entre sistemas.

Além disso, devido às suas atualizações de versões, o DICOM valoriza a compatibilidade de novos formatos de imagem, uma maneira de fazer com que as informações não sejam perdidas e eliminadas no caso de novas atualizações.

Diagnósticos precisos

Com o padrão DICOM, estabelecimentos de diagnósticos de imagens contam com altíssima qualidade em suas imagens, além de diagnósticos precisos, mesmo se analisados via smartphones. 

É justamente por isso que o uso desse padrão é indicado, afinal, ninguém quer perder a qualidade de imagem no momento de enviá-las para análise em outros equipamentos ou, ainda, outros profissionais.

Alguns benefícios proporcionados pelo padrão DICOM

Durante as rotinas médicas, é comum que dúvidas apareçam, principalmente quando se trata da necessidade de analisar imagens de maneira mais cautelosa, ou ainda, realizar estudo para chegar a um diagnóstico correto.

Para as imagens, o DICOM faz com que os profissionais analisem uma determinada região, focado em descobrir a densidade de um trauma, por exemplo.

Além disso, benefícios são identificados e destacados:

  • Mobilidade de acesso: o uso do padrão DICOM possibilita troca de informações entre profissionais de saúde, fazendo com que os exames sejam analisados a qualquer hora e em qualquer lugar, desde que se tenha um aparelho conectado à internet.

  • Facilidade no envio de informações: quando surgem dúvidas, os profissionais podem pedir a análise de outros colegas de profissão. Essa facilidade em circular resultados de exames proporciona debates efetivos e necessários para análises que demandam aprofundamento.

  • Envio de imagens com garantia de qualidade: o envio de imagens diagnósticas por meio da internet não ocasiona perda de qualidade. Tudo porque os exames são entregues com qualidade e nitidez, evitando possíveis erros nos tratamentos.

  • Mais segurança durante a manipulação das imagens: com o padrão DICOM, é possível uniformizar processos, gerando segurança para o usuário que fez o envio do exame. 

Devido à demanda por exames de imagens, a padronização garante que os envios de exames on-line serão econômicos e eficientes.

Por esses e outros motivos, grande parte das clínicas e dos consultórios que realizam diagnósticos por imagens estão em busca de recursos inovadores, tudo para auxiliar em tomadas de decisões mais rápidas.

Além de proporcionar o melhor para os diagnósticos, o DICOM atua facilitando o compartilhamento de informações entres os sistemas. Assim, pode ser considerado uma tecnologia muito presente em tempos atuais e, principalmente, no futuro.

Diagnósticos mais precisos podem salvar vidas e ainda promover mais qualidade de vida aos pacientes.

Esperamos que esse conteúdo tenha sido enriquecedor. Para mais informações sobre o setor radiológico, visite o Blog FutureMed!

Mais Conteúdos
Saiba quais os benefícios de visualizar imagens com o DICOM