BLOG

Conheça os termos CR e DR

Exames radiológicos fazem parte de muitos centros de imagem e hospitais, que atuam com entrega de imagens claras e alta nitidez, contraste e diferentes densidades, sem esquecer os resultados obtidos para diagnósticos completos.

Em meio a esses exames, existem a radiologia computadorizada e a radiologia digital, ambas com modalidades e aparelhos específicos para a realização do procedimento.

Os dois termos são semelhantes, porém um necessita de placas para digitalizar e transferir a imagem para o computador, e o outro tem as imagens arquivadas diretamente no local onde o exame foi realizado.

Assunto importante, não é mesmo? Continue a leitura e entenda mais sobre os termos CR e DR. Vamos nessa!

O que é radiologia computadorizada?

A radiologia computadorizada, conhecida popularmente como CR ou radiologia indireta, é a primeira forma de digitalização no setor.

Presente desde os anos 80, a CR faz o uso de chassis com placas de fósforo ao invés de filme radiográfico convencional.

Para realizar o procedimento, o chassi é exposto à radiação, passando pela digitalização em seguida, junto com um aparelho de scanner. Nesse momento, a imagem aparece na tela do computador.

Saiba mais sobre radiologia digital

Radiologia direta, DR ou simplesmente radiologia digital é um método no qual o scanner foi trocado por sistemas que realizam a transferência das imagens diretamente para os aparelhos em que são transmitidas, como computadores e servidores.

Presente desde o final dos anos 90, é um processo ágil que aumenta a produtividade da clínica, uma vez que as imagens saem com ótima qualidade, facilitando diagnósticos e prognósticos.

Além disso, a DR foi capaz de eliminar o processo de revelação com o uso de químicos, reduzindo de forma significativa o tempo de exposição às radiações.

Radiologia computadorizada e radiologia digital: qual a melhor?

A radiologia computadorizada é muito utilizada e conhecida, porém não seguiu os avanços tecnológicos, dando espaço para a digital.

Um sistema digital oferece imagens com mais qualidade e menos exposição à radiação, o que exclui riscos com a manutenção do aparelho. Quando falamos de digital, algumas vantagens são notadas:

  • facilidade para exibição de imagens;
  • redução de exposição radiológica;
  • facilidade para processar imagens capturadas;
  • sistema compatível com grande parte dos convencionais;
  • uso de cartuchos dos mais diferentes tamanhos;
  • facilidade para armazenar e recuperar imagens.

Portanto, optar pelo digital pode ser uma boa opção, afinal o armazenamento de laudos e os compartilhamentos necessários se integram, contribuindo de maneira positiva para o aumento de produtividade da equipe.

Diferenças entre CR e DR

Mesmo que os procedimentos sejam semelhantes, é possível notar diferenças entre a radiologia computadorizada e digital, apresentadas abaixo.

  • Tempo de resultado: a DR conta com resultados mais rápidos por não precisar de uma chapa de raio x, tendo o resultado em segundos, diferente da CR, que necessita de chapa e, consequentemente, mais tempo.

  • Captura das imagens: uma radiologia computadorizada mostra o resultado em uma chapa. A digital, como o nome sugere, segue os avanços tecnológicos, proporcionando um resultado digital das imagens.

  • Emissão de raios x: na radiologia computadorizada, é preciso emitir um volume maior de raios x, para ter um exame com imagens de boa qualidade. Já a radiologia digital oferece opções de edição de imagens, demandando menos radiação.

  • Equipamentos diferentes: para a CR, são utilizadas salas equipadas com mesa de exames. Enquanto isso, a DR faz uso de um equipamento menor, no qual o receptor se movimenta de acordo com a necessidade.

  • Custos: enquanto o equipamento de radiologia computadorizada tem um custo menor devido à sua alta demanda, o equipamento de radiologia digital acaba tendo um valor elevado, justamente por ser inovador.

Ao longo desse conteúdo, foi possível entender mais sobre CR e DR, suas principais diferenças e demais informações relevantes.

Uma coisa é certa: os exames de raio x avançaram, tudo por conta da tecnologia.

Esperamos que este material tenha sido útil para o seu aprendizado. Que tal tornar a sua unidade de saúde mais tecnológica?

Aqui, na FutureMed, contamos com os melhores equipamentos do mercado radiológico. Tudo para que o seu local de trabalho esteja de acordo com as novidades e pronto para atender os pacientes.

Aproveite para acompanhar nosso blog. Qualquer dúvida, não hesite em falar com um de nossos colaboradores. Estamos prontos para auxiliar você com essa modernização!

Mais Conteúdos
Saiba quais os riscos e como proteger o pet em exames radiológicos
Saiba o que é e quais os melhores equipamentos de ressonância magnética do mercado